quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Natal.

Pensando, pensando, pensando sobre o que escrever, visto que o natal pede isso.
Passei o dia inteiro pensando.

Participei de uma dinâmica de grupo no trabalho. Cada um deveria contar qual foi o seu melhor natal. Todos contaram, alguns envergonhados, outro nem tanto e no fim quem comandava a brincadeira toda começou a contar qual foi o seu melhor natal:

"Quando eu era criança eu morria de vontade de ganhar uma lata de biscoitos. Isso a muitos anos atras.
Naquela época essa tal lata de biscoitos era artigo de luxo, mas mesmo assim pedi a tal lata de presente.
No natal meus pais me deram a lata de presente, mas quando fui pegar a lata senti que a mesma estava leve demais e por fim percebi que a lata estava pela metade. Mesmo assim eu fiquei tão, mas tão feliz... era o meu sonho ganhar aquela lata de biscoitos.
Esse foi o meu melhor natal. Porque eu ganhei a lata de biscoitos."


É uma história boba, coisa de criança. Mas... me levou a pensar numa série de outras coisas.
O amor desses pais por essa pessoa, não puderam dar uma "lata" inteira, mas deram o quanto podiam.
Natal é isso, é mostrar de alguma forma o quanto você ama uma outra pessoa, não precisa ser com latas de biscoito ou presentes e sim com atitudes.
E outra, nunca se esqueçam que vocês podem ter tudo aquilo que sonham... pode ser que recebam os sonhos de vocês pela metade, como a mocinha da lata, mas mesmo assim... continua sendo o sonho de vocês.

Usarei o blog para desejar a todos aqueles que ainda leem isso aqui um feliz natal.
Que vocês possam estar do lado de quem amam nessa data tão especial.
Que vocês saibam que me fazem muito, muito, muito feliz.

About Me

Ocorreu um erro neste gadget

Seguidores

Inspiradíssima 2010. Layout editado por Thai Leal. Tecnologia do Blogger.